Algas

UFRN e Petrobras inauguram usina piloto de microalgas


. - 03 abr 2012 - 09:05 - Última atualização em: 04 abr 2012 - 16:03
microalgas030412
A Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Petrobras inauguram nesta terça-feira, 3 de abril , a Planta Piloto de Cultivo de Microalgas para Produção de Biodiesel, onde será possível aprofundar os estudos sobre o potencial das microalgas como nova alternativa para geração de energia limpa no Brasil e, dessa forma, utilizar a biomassa para futura produção de biocombustíveis.

A solenidade de inauguração acontece no Anfiteatro das Aves, Centro de Biociências, e em seguida será feita uma visita à Planta, que fica no Centro de Tecnologia da Aquicultura, em Extremoz, a 16 km de Natal, e faz parte da Rede Temática de Bioprodutos.

O projeto teve início em 2009 e já reúne cerca de 10 espécies de microalgas capazes de crescer em água de produção de petróleo. Na planta, os primeiros fotobiorreatores abertos, com capacidade útil de 4 mil litros, vão proporcionar a realização de estudos detalhados sobre a produtividade das microalgas e do seu teor de óleo nas condições climáticas do Rio Grande do Norte, onde há ventos do quadrante sudeste constantes e insolação intensa durante 80% do ano.

O potencial de produção de biomassa por área ocupada é de 7 a 30 vezes superior ao obtido com vegetais terrestres e é possível atingir produtividade da ordem de 25g/m2 por dia de biomassa algácea.

Também é possível remover taxas mais elevadas de CO2 atmosférico, quando comparadas com a captura de carbono em vegetais superiores.

O valor do projeto é de R$ 2.241.960,20.

Fonte: UFRN
Foto: Vera Lucia Bellin Mariano
Tags: Algas