PUBLICIDADE
Informações

Oleoplan compra duas usinas de biodiesel da Vanguarda (ex-Ecodiesel)


BiodieselBR.com - 08 dez 2011 - 10:27 - Última atualização em: 27 fev 2012 - 13:03

A Vanguarda está mesmo deixando o setor de biodiesel. Acaba de ser anunciada uma “promessa” de venda de duas das três fabricas que ainda estão em operação da empresa. As usinas localizadas em Iraquara (BA) e em Porto Nacional (TO) foram vendidas para a Oleoplan por R$ 100 milhões de reais.

Está é a segunda rodada de venda de ativos de biodiesel da antiga Brasil Ecodiesel. A primeira aconteceu com a venda da unidade de extração de óleo vegetal e da usina do Rio Grande do Sul para a Camera. Contudo essa nova transação é completamente diferente da anterior. Enquanto a Camera comprou apenas a estrutura física da Vanguarda e desprezou os funcionários, as autorizações da ANP e do MDA, a Oleoplan está adquirindo todo o negócio das duas unidades.

A intenção é transferir as autorizações de Comercialização da ANP e do selo Combustível Social do MDA, bem como todos os funcionários e contratos já firmados pela Vanguarda para a Oleoplan. De acordo com o Fato Relevante divulgado pela Vanguarda, o negócio é tido como “promessa” e só será concretizado se essas transferências de autorizações forem aceitas pelos respectivos órgãos.

Informações obtida pela BiodieselBR indicam que o prazo para a finalização do negócio está vinculado a data de realização do próximo leilão de biodiesel da ANP. Se até lá a Oleoplan puder participar com as duas usinas no lote com selo a transação será confirmada.

Maior empresa de biodiesel do Brasil
Com essas duas novas usinas a Oleoplan passará a ter uma capacidade de produção anual de 637,2 milhões de litros e será a maior empresa produtora de biodiesel.

Somando os volumes vendidos no último leilão a empresa gaúcha passaria também a ser a maior vendedora de biodiesel do Brasil, já que a sua unidade em Veranópolis (RS) vendeu 52,05 milhões de litros e as duas da Vanguarda venderam 35 milhões de litros, totalizando 87,05 milhões de litros, quase nove milhões a mais que a, então segunda colocada, Granol.

A saída da Vanguarda do negócio de biodiesel fica praticamente concretizada. A empresa ficará com apenas uma usina autorizada – que não vendeu no último leilão – e duas usinas paradas e sem autorização para produzir. Os 100 milhões de reais obtidos com a venda das usinas representam uma diminuição de 29% na dívida líquida da empresa.

Miguel Angelo Vedana – BiodieselBR.com

Tags: Ecodiesel