Informações

Movimento grevista na PBio ainda não teve desfecho


BiodieselBR.com - 25 jun 2021 - 16:45

O movimento grevista que deixou as usinas da Petrobras Biocombustível (PBio) sem fabricar biodiesel durante 16 dias – entre 20 de maio e 04 de junho – ainda não teve um desfecho definitivo. Embora a paralização dos trabalhadores tenha sido suspensa permitindo a retomada das atividades normais nas usinas de Candeias (BA) e Montes Claros (MG), os sindicados de petroleiros de Minas Gerais e da Bahia e a direção da empresa continuam em negociações. O processo está sendo mediado pela ministra, Delaíde Alves Miranda Arantes, do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Os sindicatos exigem que o Petrobras transfira para outras unidades os trabalhadores concursados que hoje atuam na PBio. A subsidiária que concentra os negócios na área de biocombustíveis está sendo vendida pela petroleira.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR