RenovaBio

Mais de 230 usinas buscam emissão de créditos de carbono no Renovabio


EPBR - 21 fev 2020 - 09:48

Cada vez mais próximo de sua operacionalização, o programa Renovabio conta com 34 produtores nacionais de biocombustíveis autorizados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a emitir créditos de descarbonização (CBios). Outras 204 usinas estão com pedidos de certificação em análise junto à agência, 85 em fase final.

Com isso, o programa de descarbonização do setor de combustíveis caminha para a sua última etapa, aguardando sua entrada no mercado financeiro.

“Está a 90% da sua completa instalação. O aspecto final é saber como será a operacionalização em bolsa, pois disso depende o contrato de escrituração com as entidades financeiras”, explica Felipe Bottini, sócio fundador da Green Domus, uma das firmas inspetoras responsáveis pela certificação das produtoras.

O Ministério de Minas e Energia (MME) está em negociação com instituições financeiras interessadas em realizar a escrituração dos CBios. Alguns nomes chegaram a ser divulgados, como Santander, Itaú, Citibank e XP Investimentos.

Gabriel Chiappini – EPBR