Notícias

Petróleo fecha em queda firme após decisão sobre juros do Fed


Valor Econômico - 21 set 2023 - 08:47

Os contratos futuros do petróleo encerraram a quarta-feira (20) em queda firme, impulsionados, no fim da sessão, pelo anúncio do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), que manteve a taxa de juros dos EUA inalterada no intervalo entre 5,25% e 5,5% ao ano, como esperado pelo mercado.

O barril do petróleo do Brent, a referência global, para novembro caiu 0,86%, a US$ 93,53, enquanto o WTI, a referência americana, com entrega prevista para o mesmo mês recuou 0,90%, a US$ 89,66.

Em comunicado divulgado nesta quarta, apesar de ter mantido as taxas inalteradas, o Fed afirmou que planeja mais um aumento dos juros ainda neste ano e pontuou que a inflação permanece elevada.

O mercado tende a ver os aumentos das taxas como ameaças à procura pela commodity energética, tendo em vista que a probabilidade de outro aumento pode levar alguns investidores a venderem a mercadoria.

As perdas acontecem após o petróleo atingir o maior nível em 10 meses na segunda-feira (18) e registrar ganhos semanais em dez das últimas 12 semanas.

Para além da sinalização do Fed de hoje, analistas dizem que o mercado parece estar fazendo uma pausa na recuperação para registar lucros e reavaliar os cortes de produção por parte da Arábia Saudita e da Rússia, além das condições econômicas nos Estados Unidos e na China, os dois maiores consumidores de petróleo do mundo.

“Sentimos que alguma consolidação é necessária até vermos a próxima etapa de alta”, disse Tariq Zahir, membro-gerente da Tyche Capital Advisors.

Igor Sodré – Valor Econômico