PUBLICIDADE
Sebo bovino

Embrapa e ABRA trabalharão juntas para aprimorar reciclagem animal


Assessoria Embrapa - 13 mar 2020 - 18:13

A Embrapa e Associação Brasileira de Reciclagem Animal (ABRA) assinaram nesta terça-feira (10) um acordo de confidencialidade que abre caminho para que ambas desenvolvam projetos em parceria. A ideia é desenvolver novos produtos derivados de resíduos animais e processos inovadores que facilitem seu aproveitamento.

A Embrapa Agroenergia possui expertise na agregação de valor a resíduos e coprodutos do setor agropecuário, principal demanda dos associados da ABRA.

Utilizando técnicas de biotecnologia industrial e de química de renováveis, os pesquisadores fazem a “quebra” das moléculas dos resíduos e a partir das quais podem ser criados novos produtos entre os quais antioxidantes para farinhas, bioativos para ração, enzimas, biolubrificantes, biosurfactantes e biofertilizantes.

O diretor da Abra, Pedro Bittar, falou da importância da parceria com a Embrapa. “Precisamos do apoio técnico da Embrapa para mostrar a importância do setor de reciclagem animal no Brasil e diversificar a nossa gama de produtos obtidos a partir de resíduos de aves, bovinos e peixes”, disse.

Também participaram do evento de assinatura do acordo o secretário de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa, Bruno Brasil, a chefe-geral da Embrapa Agroindústria de Alimentos, Lourdes Cabral, e a chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Agroenergia, Patrícia Abdelnur.

Com adaptação BiodieselBR.com