Sebo bovino

Baixa demanda por sebo mantém mercado pressionado


Scot Consultoria - 30 jan 2017 - 10:10

O avanço da colheita da soja e a ampliação do esmagamento os preços do óleo de soja têm apresentado tendência de queda. Isso vem levando a uma redução na procura pelo sebo bovino – especialmente no mercado de biodiesel onde ambas as matérias-primas são concorrentes –, o que exerce pressão de baixa no mercado.

Em certa medida, esse movimento vem sendo contrabalançado pela oferta restrita do subproduto da atividade frigorífica. A falta de sebo no mercado vem mantendo os preços andando de lado nesses últimos dias.

No Brasil Central a gordura animal vem sendo cotada a R$ 2,50/kg desde o último dia 19 de janeiro. Já no Rio Grande do Sul o sebo continua se sustentando no patamar de preço de R$ 2,60/kg que já mantêm desde novembro passado.

Para os próximos dias a tendência é de que a demanda continue em baixa, o que pode resultar em mudanças de preços.

Com adaptação BiodieselBR.com