Macaúba

[Vídeo] Agricultores cultivam macaúba para a produção de biodiesel em MG


BiodieselBR.com - 25 jul 2012 - 09:20


A plantação de macaúba registra crescimento na Zona da Mata, em Minas Gerais. O fruto da palmeira é matéria-prima para diversos subprodutos, principalmente o biodiesel. Uma usina da Europa que se instalou na região deve comprar toda a safra.

A macaúba é uma palmeira nativa do Brasil presente em todo o estado de Minas Gerais. No município de Lima Duarte, na Zona da Mata, é possível encontrá-la no meio do mato, sem adubação e dando frutos. Mas quando bem cuidada, a planta apresenta ótimos resultados.

Em uma das propriedades da região, a plantação de macaúba conta com quase seis mil mudas em dois hectares. Boa parte das plantas foi doada pelo Projeto Pró-Macaúba, uma iniciativa do governo estadual para incentivar a produção de biodiesel na região.

O gerente da fazenda Ângelo Carvalho planeja utilizar a área de 50 hectares para o cultivo da palmeira. O clima e o solo favorecem o cultivo. O gasto com a adubação é pequeno.

A palmeira ocupa mais de 500 hectares de outra propriedade da região. O coco da macaúba, também conhecido como dendê mineiro, é o produto economicamente mais representativo da palmeira. O óleo transformado em biodiesel é extraído da polpa do coco da macaúba. O fruto passa por um processo de esmagamento. Em cada mil quilos de fruto, a produção é de 182 quilos de óleo de polpa para o biodiesel.

Toda a produção dos agricultores será vendida para uma indústria da Europa que está se instalando na região. O contrato será de 20 anos. Um hectare de macaúba pode produzir cerca de quatro toneladas de óleo para combustível, além de produtos derivados como carvão, sabão e ração animal.
Tags: Macauba