PUBLICIDADE
cremer
Negócio

Preços da Petrobras estão praticamente em linha com paridade internacional, diz Itaú BBA


Valor Econômico - 30 nov 2022 - 08:30

Os preços de paridade de importação (PPI) do petróleo recuaram significativamente e os preços domésticos da Petrobras agora estão quase em linha, avalia o Itaú BBA em relatório. O banco destaca que os spreads do diesel caíram 4% na semana encerrada em 25 de novembro, após uma queda de 1% na semana anterior. Os da gasolina recuaram 4%, após uma queda de 49% na semana anterior.

Os analistas Monique Greco, Bruna Amorim e Eric de Mello comentam que, seguindo a tendência de queda nos preços internacionais nas semanas anteriores, os preços da Petrobras alcançaram a paridade internacional da gasolina e do diesel, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP) da semana passada e também da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom) de ontem.

“Se persistir essa tendência de queda dos dois combustíveis e do Brent, poderemos começar a observar um prêmio persistente nos preços da Petrobras em relação à paridade internacional, abrindo caminho para que a empresa decida entre correr para implementar reduções de preço ou aproveitar para compensar perdas de nas semanas anteriores”, afirmam os analistas.

No entanto, eles sinalizam que a empresa usa uma avaliação diferente da ANP e Abicom para os preços de paridade de importação e que ainda esperam grande volatilidade nos preços internacionais à frente, considerando as incertezas relacionadas à demanda da China, definições de preço máximo para petróleo russo, o impacto do inverno na Europa e nos EUA e o posicionamento da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Victoria Netto – Valor Econômico