PUBLICIDADE
Produção e consumo

Demanda nacional de diesel tem segundo mês de queda


BiodieselBR.com - 01 jun 2022 - 08:42

Já não é mais apenas um escorregão pontual. Pelo segundo mês seguido, a demanda de diesel ficou no vermelho. Segundo os dados mais recentes da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em abril foram reportadas vendas de 4,96 milhões de m³. Essa quantidade é 2,4% menor do que em abril de 2021. Em março – após revisão – a contração foi de 1,2%, o que parace ser o início de uma tendência de queda.

Tudo computado, as vendas diesel do primeiro quadrimestre estão na cada dos 19,9 milhões de m³. Esse volume ainda é um pouco – 2,1% – maior do que o registrado no mesmo período de 2021. Até fevereiro, no entanto, a vantagem sobre o ano passado era de 6,6%.

Apesar da redução nas vendas do óleo diesel, que é o derivado mais importante para o mercado nacional com participação de 45% do total, a ANP registrou aumento de 2,6% na comercialização de combustíveis em geral na comparação anual. A alta foi puxada pela gasolina e pelo querosene de aviação – crescimento de, respectivamente, 517 mil e 139 mil m³.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR