PUBLICIDADE
Informações

Usina de biodiesel da Cocamar se prepara para entrar em operação


Maringá Post - 11 jan 2022 - 10:42 - Última atualização em: 12 jan 2022 - 15:11

A usina de biodiesel que a Cocamar vem construindo desde o início do ano passado no seu parque industrial em Maringá, está se preparando para iniciar suas atividades em fase experimental de operação nos próximos dias, com testes iniciais do processo industrial, pois ainda está em fase de liberação pela ANP, às vésperas da colheita da safra de verão 2021/22 e da realização do Safratec 2022, a feira tecnológica a ser promovida pela cooperativa nos dias 20 e 21 na sua Unidade de Difusão de Tecnologias (UDT) em Floresta, na região metropolitana.

Com capacidade de produção de 300 toneladas/dia, a usina de biodiesel demandou investimentos de R$ 42 milhões e, segundo o gerente executivo Industrial, Valdemar Cremoneis, a estrutura, inteiramente automatizada, vai gerar 15 postos de trabalho, devendo consumir soja produzida por cooperados que se enquadram no programa Selo Combustível Social e têm direito a um valor adicional por saca.

O Selo Biocombustível Social permite ao produtor de biodiesel ter acesso às alíquotas de PIS/Pasep e COFINS com coeficientes de redução diferenciados para o biodiesel, que variam de acordo com a matéria-prima adquirida e região da aquisição.

A implantação da unidade está levando a cooperativa, ao mesmo tempo, a ampliar a capacidade de esmagamento de soja de 3 mil para 4,5 mil toneladas/dia.

Com essa matéria-prima que é o seu carro-chefe, a Cocamar produz uma diversificada linha, agora acrescida de biodiesel e que conta com óleo comestível, bebidas a base de soja prontas para o consumo, maioneses e rações animais. São produtos destinados ao mercado interno, além do farelo, que segue em grande parte para exportação.

A unidade de produção de biodiesel é a terceira indústria implantada desde 2020 pela Cocamar em seu parque, um dos maiores e mais diversificados do cooperativismo brasileiro (as duas primeiras foram as de rações animais e fertilizantes foliares/adjuvantes, em 2020).

Atualização às 12.01.21 às 15h10: O primeiro parágrafo foi alterado a pedido da Cocamar que informou agora que os testes serão feitos após a aprovação da ANP. No texto original a produção experimental começaria dia 17 de janeiro.

Maringá Post