Informações

Petrobras inicia fase não vinculante de venda da subsidiária de Biocombustível


Valor Econômico - 04 ago 2020 - 10:18 - Última atualização em: 04 ago 2020 - 15:29

A Petrobras anunciou o início da fase não vinculante referente à venda da subsidiária Petrobras Biocombustível (PBio).

Os potenciais compradores habilitados para essa fase receberão um memorando contendo informações mais detalhadas sobre a PBio, além de instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para elaboração e envio das propostas não vinculantes.

Fundada em 2008, a PBio é uma das maiores produtoras de biodiesel do país com 5,5% de participação de mercado em 2019.

Ela possui três usinas de biodiesel localizadas em: Montes Claros (MG), com capacidade produtiva de 167 mil metros cúbicos por ano; em Candeias (BA), com capacidade de 304 mil metros cúbicos por ano; e a terceira em Quixadá (CE), em estado de hibernação, com capacidade de 109 mil metros cúbicos por ano.

As três usinas são capazes de utilizar uma mistura de até cinco matérias-primas diferentes (óleo de soja, de algodão e de palma, gordura animal e óleos residuais) para produção de biodiesel, capturando vantagens na dinâmica sazonal dos preços.

Ivan Ryngelblum – Valor Econômico