PUBLICIDADE
cremer
RenovaBio

RenovaBio mais próximo de ter sistema de cadeia de custódia de biomassa


BiodieselBR.com - 16 set 2022 - 09:04

A novela em torno da inclusão dos biocombustíveis fabricados a partir de grãos no RenovaBio está mais próxima de ter seu final feliz. A ANP publicou na manhã desta quinta-feira (15) o Informe Técnico 06/SBQ no qual detalha os procedimentos que os produtores e os intermediários da cadeia de produção de biocombustíveis terão que seguir para poderem ampliar sua emissão de Créditos de Descarbonização (CBios).

Segundo o texto, embora o sistema descrito já possa ser adotado pelos fabricantes, o modelo de cadeia de custódia deve ser aplicado a partir de janeiro de 2023.

Embora o RenovaBio tenha sido lançado há bem mais de quatro anos, até hoje os produtores de biodiesel de soja e de etanol de milho ainda esperam a implementação de regras que permitam que eles comprovem que seus produtos são elegíveis para o programa.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR