Política

PMDB está de olho no cargo de diretor-geral da ANP


O Globo - 09 dez 2011 - 09:36 - Última atualização em: 27 fev 2012 - 12:59

O PMDB, em peso, levou nesta quinta-feira o nome de Fernando Câmara para assumir o cargo de diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP) à presidente Dilma Rousseff. Segundo uma fonte próxima, o grupo foi liderado pelo presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), e pelo ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Hoje o ministro Lobão fará uma visita a Haroldo Lima no seu último dia como diretor-geral da ANP, depois de oito anos e dois mandatos.

Desde 2009, o PMDB tenta obter um cargo na diretoria da ANP para Câmara, que é funcionário da agência, ocupando o cargo de coordenador de Atividades.

Segundo fontes, a presidente teria dito aos parlamentares que o cargo de diretor-geral da ANP estaria na cota pessoal dela e portanto não seria para atender os pedidos da base parlamentar aliada do governo. Dilma também estaria enfrentando problemas para a nomeação do novo titular da ANP. Isto porque, segundo fontes, a presidente gostaria de nomear a atual diretora da ANP Magda Chambriard. Porém, Magda estaria pleiteando a vaga de diretora de Exploração e Produção da Petrobras, no lugar de Guilherme Estrella, que, ao que se comenta, estaria querendo se aposentar.

Ramona Ordoñez

Tags: Anp