BASF
Política

Conheça o novo presidente da Frente Parlamentar do Biodiesel


BiodieselBR.com - 13 abr 2015 - 17:45
evandro gussi 130415Conforme BiodieselBR.com adiantou na semana passada, a Frente Parlamentar do Biodiesel (FrenteBio) passará a ser liderada pelo deputado federal Evandro Gussi (PV/SP). Nascido no município paulista de Presidente Prudente, ele tem 34 anos e é formado em direito com doutorado na área de direito do Estado. Ele assumirá o posto que foi de Jerônimo Goergen pelos últimos quatro anos.

Não se trata de uma ruptura. A maioria dos nomes que já compunham a FrenteBio continuarão participando da executiva – o próprio Jerônimo Goergen prossegue no grupo como 3º vice-presidente [veja a lista com a composição completa no final desse texto]. Além disso, o convite para que Gussi assumisse essa nova empreitada partiu das próprias lideranças da frente. “[O convite] veio de conversas que tive com os parlamentares que compuseram a frente. Eu valorizo o grande trabalho que o deputado Jeronimo [Goergen] quanto o deputado Sergio de Sousa e o senador Valdir Raupp fizeram pelo setor”, disse Gussi em conversa com BiodieselBR.com na última sexta-feira (10)

Segundo Gussi, embora ele ainda seja um novato na Câmara – esse é seu primeiro mandato como deputado federal –, seu nome surgiu por sua afinidade pessoal com o tema. Como professor de direito ambiental, ele já vinha acompanhando a evolução do setor de biocombustíveis há algum tempo. “Posso dizer que eu já tinha tido algum contato com o setor de biodiesel, essa é, até, uma das razões pelas quais eu aceitei essa incumbência”, comenta.

“O biodiesel é um daqueles setores da economia onde os interesses dos empreendedores caminham em conjunto com o bem comum uma vez que o uso do B100 traz benefícios não só econômicos como, também, para o meio ambiente e a saúde púbica. Ele também oferece uma alternativa para a agregação de valor no campo podendo dar uma contribuição importante para comunidades de pequenos produtores que não tinham muitas alternativas nesse sentido”, elabora Gussi.

Instalação
No momento, a FrenteBio ainda não tem existência formal. Gussi adianta que na quinta-feira (09), foi protocolado na Mesa da Câmara o pedido par a criação da frente o que deverá acontecer durante essa semana. “A gente ultrapassou o número de assinaturas de parlamentares exigido pelo regimento”, comemora qualificando com “entusiasmada” a respostas dos outros parlamentares. “O setor de biodiesel goza de uma simpatia generalizada dentro do Congresso. Agora é marcar o ato de instalação, vamos fazer uma pequena cerimônia e começar os trabalhos”, diz. O evento deve acontecer na última semana de abril.

A prioridade inicial será no avanço da mistura, especialmente por meio de projetos de substituição voluntária do diesel fóssil por biodiesel. “Temos que estimular processo de substituição como o que aconteceu em Curitiba quando o, então prefeito e hoje deputado, Luciano Ducci implantou uma frota movida a B100”, comenta acrescentando que a frente também deverá tomar o bioquerosene de aviação sob sua responsabilidade. “Esse é outro processo muito importante”, completa.

A frente promete já começar fazendo barulho. Gussi adiantou à BiodieselBR.com que apresentou uma apresentada à Medida Provisória 663/2014 pode garantir que o setor de biocombustíveis – etanol e biodiesel – tenham acesso aos financiamentos do BNDES em condições de igualdade com o setor de combustíveis fósseis.

Entidades
Além disso, o novo presidente garante uma interlocução igualitária da frente com as três entidades representativas do setor de biodiesel – Abiove, Aprobio e Ubrabio. “A frente é ‘suprapartidária’ e não priorizar qualquer entidade, mas o setor como um todo”, garante.

“O biodiesel é um setor que veio para ficar e precisamos pensar em expansão do setor”, finaliza.

Composição da executiva da Frente Parlamentar do Biodiesel:
Presidente – deputado federal Evandro Gussi (PV/SP);
1º vice-presidente – senador Valdir Raupp (PMDB/RO)
2º vice-presidente – depurado federal Sergio de Souza (PMDB/PR)
3º vice-presidente – deputado federal Jerônimo Goergen (PP/RS)
Secretário-geral – senador Donizeti Nogueira (PT/TO)
Secretário-adjunto – deputado federal Adilton Sachetti (PSB/MT)
Coordenador – deputado federal Mendes Thame (PSDB/SP)
Coordenador-adjunto – deputado federal Sarney Filho (PV/MA)

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com