Distribuição

Metade das associadas do Brasilcom relata problemas com entregas de biodiesel


BiodieselBR.com - 18 jun 2020 - 12:28

Pelo menos metade das distribuidoras associadas à Associação das Distribuidoras de combustíveis (Brasilcom) relatou ter enfrentado problemas para retirar biodiesel comprado durante o L72 devido ao “cancelamento de agendamentos” por parte das usinas. A falta de entregas levou a ANP a, não apenas, convocar um leilão emergencial para reforçar a oferta no final do mês como, ainda, a reduzir a mistura obrigatório de 12% para 10% até o próximo domingo (21).

Segundo do diretor institucional da entidade, Sergio Massillon, depois de ter levado um tombo feio logo nas primeiras semanas da epidemia da Covid-19, o mercado contrariou todas expectativas e se recuperou rapidamente. “A demanda doméstica de óleo diesel B superou largamente as mais otimistas projeções utilizadas pelas distribuidoras”, disse em entrevista concedida por e-mail à BiodieselBR.com.

Quando perceberam que a situação não estava tão ruim quanto temiam, o estrago já estava feito. As compras no L72 foram 9,2% menores do que no bimestre anterior. Segundo Sérgio, as distribuidoras, além disso, passaram a enfrentar dificuldades para retirem integralmente os volumes que haviam comprado.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar