Natureza

Rio+20: Brasil prevê gastos de R$ 496 mi em conferência


Folha de S. Paulo - 30 mar 2012 - 09:57
rio+20
O governo brasileiro prevê gastos de R$ 496 milhões na organização da Rio+20, a conferência das Nações Unidas sobre desenvolvimento sustentável, que será em junho, no Rio de Janeiro.

O dinheiro custeará hospedagem, segurança, telecomunicações e alimentação para os chefes de Estado que participarão da conferência. Até agora, cerca de 80 países confirmaram presença.

Segundo Samyra Crespo, secretária do Ministério do Meio Ambiente, os recursos sairão da conta do Itamaraty e serão fiscalizados pela Advocacia Geral da União.

"Investimentos para a Rio+20 vão beneficiar também a Copa e as Olimpíadas", afirmou ela.

A conferência do clima em Copenhague, em 2009, que reuniu o maior número de chefes de Estado da história para esse tipo de evento, estava orçada no equivalente a R$ 115 milhões -mas, no final, custou o triplo ao governo dinamarquês.

A organização brasileira reservou 10 mil quartos 4 e 5 estrelas para delegações estrangeiras. A indústria hoteleira prevê ocupação de 95%.

ANDREA VIALLI
Colaborou MARCO ANTÔNIO MARTINS
Tags: Rio+20