Cidades

Aprobio participa de ‘Diálogos’ na Rio+20


BiodieselBR.com - 15 jun 2012 - 18:00 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
rio20-moivdo-bio
Na segunda-feira (18), o presidente da Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio), Erasmo Battistella, e o diretor executivo da entidade, Júlio Cesar Minelli, estarão no Rio de Janeiro onde participarão dos Diálogos para o Desenvolvimento Sustentável. O conjunto de debates faz parte da agenda oficial da Rio+20 e vai anteceder o chamado Segmento de Alto nível da Conferência, aberto apenas para chefes de estado e de governo dos países-membros da Organização das Nações Unidas.

Durante quatro dias – de 16 a 19 de junho – representantes da sociedade civil, academia, imprensa e iniciativa privada participarão de painéis sobre 10 temas prioritários definidos pela ONU. Cada um desses painéis vai fechar um conjunto de 30 recomendações que serão apresentadas na parte oficial da Conferência, nos dias 20 e 22 de junho.

Os temas em debate serão: Desemprego, trabalho decente e migrações; Desenvolvimento Sustentável como resposta às crises econômicas e financeiras; Desenvolvimento Sustentável para o combate à pobreza; Economia do Desenvolvimento Sustentável, incluindo padrões sustentáveis de produção e consumo; Florestas; Segurança alimentar e nutricional; Energia sustentável para todos; Água; Cidades sustentáveis e inovação; e Oceanos.

A Aprobio foi convidada pelo Ministério de Relações Exteriores do Brasil para acompanhar o painel de “Energia sustentável para todos”, a ser realizado na manhã desta segunda-feira (18). De acordo com Erasmo Battistella, a entidade vai trazer um pouco da experiência brasileira na área de biodiesel. “O que queremos trazer ao painel são ações práticas que países em todos os continentes podem fazer para promover a produção sustentável de biocombustíveis. Acreditamos que seja possível fomentar os biocombustíveis respeitando as diferenças regionais e as potencialidades de cada país, desde que se criem marcos regulatórios que permitam aos empresários investirem com segurança. E isso vale para o biodiesel, para o etanol e para todos os outros biocombustíveis”, comenta.

Hibribus
A participação no evento não é a única contribuição da Aprobio na agenda da Rio+20. A entidade também é uma das parceiras institucionais no lançamento do Hibribus – o ônibus hibrido movido a biodiesel e eletricidade.

“Esse é um lançamento de grande importância porque, além de ser uma tecnologia brasileira, o ônibus híbrido consome 35% menos combustível e emite até 90% menos poluentes atmosféricos”, completa Erasmo.

Fábio Rodrigues - BIodieselBR.com
Tags: Rio+20