Soja

Produção de soja na China aumenta 13%


Agrolink - 09 dez 2019 - 14:09

A produção de soja da China aumentou em 13%, para 18,1 milhões de toneladas em 2019, segundo dados oficiais divulgados em 6 de dezembro, informou a agência de notícias Reuters. A área plantada aumentou 11% depois que o governo começou a oferecer subsídios generosos aos agricultores.

A soja cultivada localmente é usada principalmente em alimentos, mas ainda é muito menor do que as importações de soja da China. Nos primeiros 10 meses do ano, o país importou 70,69 milhões de toneladas de soja, de acordo com o que informou a Reuters.

A produção total de culturas alimentares para 2019 aumentou 0,9%, para 664 milhões de toneladas. O governo também está tentando promover colheitas de maior valor, como canola, amendoim e vegetais, enquanto reduz o plantio de milho, trigo e arroz devido ao excedente, disse a agência de notícias.

A área plantada com milho caiu 2%, mas a produção aumentou 1,4%, para 260,77 milhões de toneladas. A produção de trigo aumentou 1,6%, para 133,59 milhões de toneladas. Além disso, a produção de arroz caiu 1,2% em relação ao ano anterior devido a uma redução no plantio de arroz precoce de baixa qualidade e eficiência, com muitas áreas passando a plantar apenas uma safra por ano.

Mesmo assim, de janeiro a outubro, o mercado brasileiro exportou US$ 17,8 bilhões em soja para os chineses. A China é o principal destino dos produtos brasileiros e responde hoje por 26,7% do total das exportações do país. A chamada Guerra Comercial, travada entre os asiáticos com os Estados Unidos, fez com que a China aumentasse em US$ 7 bilhões as compras e soja do Brasil.

Leonardo Gottems – Agrolink

Tags: China Soja