Soja

Processamento de soja caiu 24% em fevereiro, diz Abiove


BiodieselBR.com - 19 abr 2013 - 13:18 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
soja processamento_cai_Abiove_190413
A Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais (Abiove) informou nesta quarta-feira (17) que 1,8 milhão de toneladas de soja em grão foram esmagadas em fevereiro, o primeiro mês do ano comercial 2013/14. O volume é 24,3% menor que as 2,48 milhões de toneladas processadas no mesmo período do ano passado.

Com base em uma amostragem que representa até 86% do setor, a Abiove aponta o esmagamento de 29,5 milhões de toneladas no ano comercial 2012/13, que começou em fevereiro de 2012 e terminou em janeiro de 2013.

Ainda segundo a associação, foram exportadas em fevereiro 1,7 milhão de toneladas de soja em grão, 452 mil toneladas de farelo e 58 mil toneladas de óleos (bruto e refinado) em fevereiro de 2013. Em igual intervalo de 2012, os embarques somaram 1,9 milhão de toneladas, 874 mil toneladas e 140 mil toneladas, respectivamente.

Estimativa
A Abiove projetou que a produção brasileira de soja em grão no ano comercial 2013/14, deverá alcançar 82,1 milhões de toneladas. A quantidade prevista 22,9% superior as 66,8 milhões de toneladas colhidas em 2012/13, mas 0,25% menor que as 82,3 milhões de toneladas apontadas no levantamento do mês passado.

Os números de exportação e processamento também foram ajustados para baixo. A Abiove agora projeta os embarques do produto em 38,2 milhões de toneladas em 2013/14, menos que as 38,5 milhões de toneladas estimadas no mês anterior, mas 19,7% acima das 31,9 milhões de toneladas exportadas em 2012/13. De acordo com a associação, 38,3 milhões de toneladas devem ser esmagadas entre fevereiro de 2013 e janeiro de 2014, um volume 10% maior que as 34,8 milhões de toneladas processadas no ano comercial anterior, mas abaixo das 38,5 milhões de toneladas divulgadas no último relatório.

Já a perspectiva de importação foi mantida em 100 mil toneladas. Como resultado da perspectiva de redução da demanda, a Abiove aumentou a projeção dos estoques finais para 3,4 milhões de toneladas, 9,6% acima das 3,1 milhões de toneladas previstas um mês antes e 61,7% maior que as 2,1 milhões de toneladas remanescentes do ciclo 2012/13.

Farelo
A associação também cortou em 200 mil toneladas a estimativa da produção brasileira de farelo de soja no ano comercial 2013/14, para 29,1 milhões de toneladas. Na comparação com as 26,5 milhões de toneladas produzidas em 2012/2013, no entanto, o crescimento esperado é de 9,8%. A previsão dos embarques do produto ficou inalterada em 15 milhões de toneladas, o que representa uma elevação de 11,1% ante as 13,5 milhões de toneladas exportadas no ano anterior.

Já o consumo interno de farelo foi projetado pela Abiove em 14 milhões de toneladas, abaixo das 14,2 milhões de toneladas apuradas em março e 6% maior que as 13,2 milhões de toneladas que restaram de 2012/13. Os estoques do produto em 31 de janeiro de 2014 foram mantidos em 754 mil toneladas, o que significa um aumento de 15,3% em relação às 654 mil toneladas verificadas no mesmo período do ano anterior.

Óleo
A Abiove estima que 7,3 milhões de toneladas de óleo de soja sejam produzidas entre fevereiro de 2013 e janeiro de 2014, um pouco menos que as 7,4 milhões de toneladas previstas em março. Na comparação anual, contudo, o volume é 7,6% maior que as 6,83 milhões de toneladas registradas em 2012/13.

A projeção da exportação foi reduzida de 1,7 milhão para 1,6 milhão de toneladas, enquanto o uso doméstico ficou inalterado em 5,7 milhões de toneladas. A associação prevê que os estoques finais de óleo no ano comercial 2013/14 alcancem 274 mil toneladas, 22,3% mais que as 224 mil esperadas no mês passado.