PUBLICIDADE
Soja

Preço do óleo de soja aumenta 30% em 12 meses


Bom Dia Brasil - 29 abr 2022 - 10:36

Em 2022, o preço do óleo de soja já subiu 18%, segundo o IBGE. Em 12 meses, a alta acumulada é de 30%. O Bom Dia Brasil mostrou os motivos do aumento do valor nos supermercados.

O tipo mais consumido pelos brasileiros entrou para a lista dos vilões da inflação. Pelo uso direto, em casa, e pelo indireto, na indústria.

“O impacto indireto é mais difícil de medir e esse sim é bem grande porque o óleo de soja é usado por toda a grande indústria, na fabricação de outros alimentos. Ele é um insumo que as famílias consomem diretamente e consomem indiretamente quando compram produtos industrializados, que em sua fabricação utilizaram os óleos vegetais. Então, esse efeito indireto é mais difícil de ser medido e é maior”, explica André Braz, economista FGV/IMBRE.

A guerra na Ucrânia também influencia no aumento do preço no Brasil. A soja é uma commodity, ou seja, um produto que é vendido por vários países, comprado por quase todos e que varia de preço de acordo com a oferta e a procura, no mercado internacional.

“Temos a questão da Ucrânia que produzia óleo de girassol usado em alguns mercados. A Rússia também era um grande exportador até a guerra começar e temos agora a questão da indonésia, que é um grande exportador de óleo de palma. Temos uma perspectiva de redução de uma oferta, né, de um produto que tem demanda constante, porque todo mundo precisa de óleo para cozinhar no dia a dia no redor do mundo”, diz Vinícius Rodrigues Vieira, professor de relações internacional da FGV e FAAP.

A pressão sobre os preços continua mesmo depois do fim da guerra, porque o mercado só entra nos eixos quando vier a próxima safra.

Tags: Soja