Sebo bovino

Indústria de material de limpeza quer que usinas usem menos sebo durante epidemia


BiodieselBR.com - 06 abr 2020 - 17:50

Uma das armas mais efetivas no esforço de guerra contra a epidemia do coronavírus é o sabão. Para garantir a oferta do produto, o setor de biodiesel está sendo convidado a fazer uma cota de sacrifício reduzindo o uso de segunda matéria-prima mais importante. BiodieselBR.com apurou que a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) tem conversado com produtores de biodiesel no sentido de permitir o aumento da disponibilidade de sebo bovino para a indústria de produtos de limpeza.

A ideia surgiu de uma consulta apresentada na semana passada à ANP pela Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes de Uso Doméstico e Uso Profissional (Abipla). Segundo a proposta, as usinas de biodiesel reduziriam o consumo de sebo bovino ao mínimo possível reduzindo a concorrência pela matéria-prima.


exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar