PUBLICIDADE
Sebo bovino

Fechamento recicladora animal em SC gera preocupação com destino de carcaças


NSC Total - 08 mai 2019 - 10:21

A paralisação das atividades pela indústria CBRASA trouxe preocupação com relação às carcaças de animais que eram recolhidas pela empresa. Localizada no município de Seara (SC), mensalmente a planta coletava e processava 18 mil carcaças de animais mortos propriedades rurais de 75 municípios

“Estamos paralisando por 30 dias. Estamos tendo prejuízo de R$ 85 mil por mês enquanto aguardamos uma autorização do Ministério da Agricultura para poder comercializar a ração produzida”, segundo o diretor da empresa, Leonardo Biazus. De acordo com o executivo, sem a autorização, os farelos proteicos gerados só podem ser vendidos como adubo. A gordura é comercializada para a produção de biodiesel.

Cerca de 30 funcionários estão em férias coletivas. O fechamento gerou preocupação na região.

“As composteiras das propriedades não conseguem absorver o volume de animais mortos, esperamos que esse serviço volte logo”, disse o presidente do núcleo regional de Seara da Associação Catarinense dos Criadores de Suínos (ACCS), Jacob Biondo.

O deputado estadual Mauro de Nadal (MDB), autor do projeto de lei que estabelece regras para a retirada e destinação adequada das carcaças em Santa Catarina, também manifestou preocupação.

“Há dois anos e meio fizemos um projeto piloto em Santa Catarina mas que ainda não foi regulamentado em âmbito nacional. Esse serviço de recolhimento dos animais era muito importante para a sanidade e o meio ambiente”, disse.

De acordo com o deputado, o serviço de coleta das carcaças costuma ser prestado pelas prefeituras gerando custo aos contribuintes. Ele teme que, sem a indústria, toda essa cadeia seja quebrada, com milhares de carcaças de animais ficando sem qualquer aproveitamento. Além de enterrar outras alternativas são compostagem e incineração.

A Embrapa Suínos e Aves de Concórdia vem desenvolvendo pesquisas nessa área, testando as metodologias mais seguras e eficientes.

Darci Debona – NSC Total