Óleo de cozinha

Parceria entre USP e startup cria máquina para coletar óleo de cozinha usado


ACidade ON - 29 abr 2021 - 09:59

Estudantes da Universidade de São Paulo (USP) de São Carlos, em parceria com a startup Óleoponto, desenvolveram um equipamento para auxiliar na coleta do óleo de cozinha usado. O óleo recolhido será transformado em biodiesel.

A ideia de criar o equipamento teve início em 2018, mas somente agora, em 2021, eles atingiram o resultado esperado. A expectativa é recolher 800 litros de óleo usado por mês.

Processo

O óleo usado é colocado dentro da máquina e, depois de alguns minutos, o recipiente é devolvido ao doador. Uma tela inserida no equipamento mostra a quantidade de óleo despejada e qual foi a contribuição doador para a natureza.

O material coletado pelo equipamento é levado para uma empresa especializada para que seja transformado em biocombustível menos poluente. Ele poderá ser usado como complemento do diesel em caminhões e caminhonetes.

Com os testes finalizados, o objetivo é levar a máquina para perto da população e instalá-la em um supermercado. Segundo o empresário da startup Óleoponto, Zadrik Mendonça, o grupo estuda dar uma recompensa para quem descartar o resíduo no equipamento.

"Muitas das vezes as pessoas não têm incentivo e não sabem como descartar. A máquina vai reconhecer esse óleo e vai gerar uma pontuação para o doador. Essa pontuação será trocada por descontos ou por produtos nos supermercados ou empresas parceiras", explicou.