Girassol

Mato Grosso reduz a área plantada com girassol


Globo Rural - 25 abr 2016 - 13:38

A produção de girassol, usada principalmente para fazer óleo, vai cair bastante este ano. É que os agricultores de Mato rosso, estado que concentra a maior parte da safra, diminuíram a área plantada.

O campo que normalmente virava um "mar amarelo", não vai ficar florido este ano.

Esta é a primeira vez em uma década que Régis Segabinazi não plantou girassol na fazenda em Campo Novo do Parecis, oeste de Mato Grosso.

“Por causa do custo de produção do girassol. Este ano, na verdade, o custo do girassol está ficando em 20 sacas por hectare, certo? Então, com a produção de 20 sacas, que é uma média, de 20 a 22 sacas por hectare, eu não cobriria os custos de produção", diz.

Nos 300 hectares que eram destinados ao girassol, agora é o milho que cresce.

A área plantada com girassol, de acordo com a Conab, diminuiu de 86 mil hectares para 20 mil hectares em Mato Grosso e está 75% menor na comparação com a safra passada. Com isso, a previsão é que a produção também despenque: de 116 mil toneladas para menos de 30 mil.

O estado é o principal produtor da semente no país. No ano passado, três de cada quatro toneladas colhidas saíram de lá, mas além dos custos, a queda no plantio também tem outros motivos.

“O período de chuva se estendeu um pouco mais, tivemos menos luminosidade e isso prejudicou a cultura do girassol, aumentando também as doenças", explica Giovana Velke, presidente do Sindicato dos Produtores.

Em Minas Gerais, o segundo maior produtor de girassol, a área das lavouras também deve diminuir. Com isso, a produção nacional deve cair 60% este ano.

Eduardo Kotaki – Globo Rural