Dendê / Palma

Pepe Vargas participa da inauguração da fábrica da Palmaplan


Assessoria de Imprensa MDA - 06 set 2012 - 18:46
palmaplan inauguracao_060912
O ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, participa nesta segunda-feira (10) da inauguração da fábrica da Palmaplan, em Rorainópolis (RR). A empresa – subsidiária usina da gaúcha Oleoplan – se instalou em Roraima para o cultivo de palma de óleo (dendê) e já firmou parceria com 70 famílias de assentados da reforma agrária, das quais 46 possuem contratos protocolados para aquisição do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

O coordenador geral de biocombustível da Secretaria de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA), André Machado, conta que o ministério tem apoiado todas as ações relacionadas à inclusão dos agricultores familiares no programa da palma de óleo. “É uma iniciativa positiva, pois é a única empresa controlada por produtora de biodiesel no estado. É uma garantia de renda para os agricultores, um arranjo diferente, que nunca existiu em Roraima”, afirma.

A Palmaplan possui 1,5 mil hectares plantados de palma de óleo em Roraima. Desse total, 500 foram cultivados em parceria com agricultores familiares da região. A previsão é chegar a 15 mil nos próximos oito anos, sendo seis mil em conjunto com a agricultura familiar. Essa sociedade é capaz de gerar, hoje, 126 empregos diretos. Com a ampliação, esse número cresce para dois mil e inclui mais 1,2 mil agricultores familiares.

A região Norte possui a maior área zoneada para produção de palma de óleo e o estado de Roraima é apontado como uma das melhores regiões em razão do clima. São mais de 404 mil hectares de área zoneada para a cultura do dendê.

Outra parceria da empresa com o MDA foi firmada em 2011 para a comercialização de castanha do Brasil pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A Palmaplan garantiu a compra de 119 fornecedores da Associação do Povo Indígena Wai-Wai Xaary. Ao todo, foram mais de 191 mil quilos de castanha, totalizando R$ 191 mil.