Segurança alimentar

Óleos vegetais interrompem alta depois de 7 meses


BiodieselBR.com - 09 mar 2020 - 09:28

Depois de vários meses subindo sem parar, os preços globais dos óleos vegetais levaram um verdadeiro tombo entre janeiro e fevereiro. Segundo dados coletados pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), as cotações caíram mais de 10,3% em somente um mês.

A queda encerra um movimento de alta que já vinha se prolongando desde julho do ano passado. Até janeiro, a alta acumulada já estava em 40,5%. Apesar da freada, na comparação anual, os preços atuais estão 18,4% maiores do que em fevereiro de 2019.

Como em outras partes da economia global, as incertezas sobre os efeitos do surto do coronavírus afetou negativamente os mercados. Esse impacto foi potencializado por uma queda na demanda por óleo de palma na Índia e um aumento inesperado da produção da Malásia. Esses dois fatores levou a cotação do óleo de palma a cair 12% na comparação mensal puxando para baixo os preços de outros óleos vegetais de compõem a cesta da FAO.

Maior

A variação nos preços do grupo óleos vegetais foi a maior dentre as categorias que formam o Índice FAO.

No cômputo geral, os preços das commodities alimentares caíram um pouco mais de 1% entre janeiro e fevereiro revertendo uma tendência de alta que persistiu pelos últimos quatro meses.

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com

Tags: Fao Indice FAO