Argentina

Governo da Argentina estuda corte na mistura de biocombustíveis


BiodieselBR.com - 26 mar 2021 - 15:53

A Argentina pode estar prestes a recuar em sua política de biocombustíveis. Um projeto de lei apresentado por parlamentares do bloco Frente de Todos – o mesmo do presidente Alberto Fernández – está propondo a redução dos percentuais de adição obrigatória de etanol e biodiesel vigentes.

Atualmente, a Argentina mistura 10% de biodiesel ao diesel e 12% de etanol na gasolina. A proposta governamental diminui estes percentuais para 5% e 10%, respectivamente, e cria mecanismos de incentivo aos pequenos produtores. No caso do biodiesel, a mistura poderia ser reduzida para até 3% com o objetivo de evitar aumentos nos preços finais dos combustíveis. O argumento do governo para essa redução é a descoberta de novas reservas de óleo e gás na Patagônia.



EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR


Tags: Argentina