Argentina

Argentina fabricou 391,3 mil m³ de biodiesel no primeiro trimestre


BiodieselBR.com - 28 mai 2021 - 13:28

Depois de ter amargado um 2020 desalentador no qual teve seu pior desempenho em mais de uma década, a indústria de biodiesel da Argentina entrou em 2021 mostrando um pouco mais de fôlego. Ao menos é isso que indicam os dados da Secretaria de Governo de Energia para o primeiro trimestre deste ano.

O sinal mais promissor foi a volta da demanda pelo biodiesel argentino. Nos últimos três meses do ano, as usinas do país vizinho não venderam praticamente nada. Foram comercializados apenas 4,1 mil de m³ – de longe o pior resultado trimestral em toda a história da indústria. Com a virada do ano a fase de vacas magras parece ter se encerrado.

De janeiro a março, a movimentação de biodiesel foi de aproximadamente 548,8 mil m³. Destes 255,7 mil m³ foram absorvidos pelo mercado interno e 293,2 mil m³ tiveram o mercado internacional como destino. No geral, este foi o melhor resultado para o setor em mais de um ano. A última vez que as usinas argentinas superaram o patamar de meio milhão de litros havia sido no quarto trimestre de 2014.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR