Alemanha

Alemanha consumiu 2,3% menos biodiesel em 2022


BiodieselBR.com - 27 mar 2023 - 14:41

O mercado de biodiesel da Alemanha patinou ao longo de quase todo o ano passado é o que mostram dados divulgados pelo Escritório Federal de Assuntos Econômicos e Controle de Exportações (Bafa). Os números da agência governamental apontam que a demanda no país europeu só foi engrenar no último trimestre de 2022 depois de ter passado quatro trimestres seguidos em queda.

No total, os alemães consumiram um pouco menos que 2,83 milhões de m³ de diesel de biomassa – o Bafa coloca na mesma conta tanto o biodiesel convencional quanto o HVO. São 68,1 mil m³ abaixo do registrado ao longo do ano anterior o que dá uma contração de 2,3%.

Apesar de ter fechado seu segundo ano seguido de resultados negativos, o mercado alemão conseguiu – ao menos – estancar a sangria. Entre 2020 para 2021, a queda no consumo de biodiesel foi de 15,5%.

Melhor do que parece

Há um dado curioso aí. De 2019 para 2020, a demanda alemã deu um salto repentino de quase 31% chegando a 3,42 milhões de m³. Esse aumento teve muito a ver com o volume atípico consumido no 3T/2020 quando a demanda superou a marca de 1 milhão de m³.

Apesar dos trimestres subsequentes não terem conseguido manter o mesmo embalo, o mercado também não voltou a cair aos patamares anteriores. Antes de 2020, a demanda média era de 2,51 milhões de m³; agora, o consumo está se sustentando acima de 2,8 milhões de m³

Consumo de diesel

Não é só o biodiesel, o consumo de diesel pelos motoristas alemães também está em queda. Em 2022, o país europeu demandou um pouco menos que 40,3 milhões de m³ do derivado. O volume foi 1,8% menor do que em 2021.

Foi o terceiro ano de contração nas vendas que, desde 2019, acumula baixa de 9,2%.

Mistura

Na conta anual, o nível da mistura de biodiesel ficou em 7% basicamente repetindo a performance do ano anterior.

Olhando os números trimestrais é possível ver uma variação – bastante pequena – no percentual que os alemães estão misturando. Em 2022, a adição se distribuiu numa faixa entre 7,4 e 6,4%.

Embora o grau de variação de um trimestre para o outro tenha se reduzido, mostrando um mercado mais estável, o nível de mistura vem – grosso modo – caindo desde o 3T2020 quando a mistura bateu em 9,3%.

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com{/viewonly}