Eventos

[BiodieselBR 2013] Os leilões de biodiesel da Petrobras


BiodieselBR.com - 27 set 2013 - 09:42
biodieselBR2013 SandroBarreto_1_270913
Um dos palestrantes da Conferência BiodieselBR do ano passado, o gerente de comércio de biodiesel da Petrobras, Sandro Barreto, voltará à edição 2013 do evento para repercutir uma das mudanças aventadas na ocasião: a criação do leilão de opções para o biodiesel. A participação dele se dará no começo da tarde do dia 24 como parte do 3º painel do evento.

Entre as mudanças mais recentes que farão parte desse balanço está a introdução do novo sistema de estoques reguladores de biodiesel. Em funcionamento desde junho, o novo modelo nasceu com a proposta de substituir o sistema de estoques físicos de biodiesel mantidos há vários anos pela Petrobras que era considerado ineficiente – e caro – para resolver problemas eventuais com a capacidade produtiva.

Lançado em junho passado, o novo sistema se baseia em contratos de opção de compra nos quais as usinas vendem sua capacidade produtiva ociosa para a Petrobras por um pequeno prêmio. Caso a opção precise a ser executada, a usina recebe pelo biodiesel efetivamente fabricado o valor médio do leilão mais recente. 

Segundo o gerente da Petrobras, o objetivo é mostrar como essa ideia foi gestada e os resultados já computados. “Como até o evento teremos um histórico de três leilões, vai dar para mostrar como essa proposta evoluiu e está sendo executada”, diz Barreto, que confirmou o intento da empresa de dar continuidade aos leilões de opção. 

Monitoramento
A Petrobras esteve à frente de muitas das mudanças mais práticas promovidas no mercado de biodiesel nesses últimos dois anos. No momento, a empresa se dedica a monitorar o andamento das propostas implementadas, principalmente as relativas ao processo de entrega e faturamento do biodiesel.

Parte dessas impressões será compartilhada com o público da conferência. “Vamos apresentar de uma forma mais consolidada tudo o que conseguimos fazer, mostrando como era antes e onde chegamos”, conta Barreto. Entre os resultados a serem comentados pelo gerente da Petrobras estão os obtidos com o aperfeiçoamento do sistema de planejamento de entregas, que foi todo automatizado para aumentar a conveniência dos processos de compra e venda.

Barreto também falará sobre as propostas estudadas pela Petrobras para aproximar as distribuidoras e revendedoras, o que pode implicar inclusive em mudanças nos modelos contratuais. “Queremos ampliar a comunicação entre esses elos”, adianta o executivo. 

Em sua abordagem, o gerente da Petrobras ainda posicionará os presentes sobre a evolução da discussão em torno da utilização de outros modais – ferroviário, entre outros – na distribuição do biodiesel por todo o território nacional.

Cátia Franco – BiodieselBR.com