Em Foco

Após licença no Mato Grosso, Bunge mira biodiesel no Nordeste


Reuters - 06 mai 2011 - 09:17 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:16

Após ter obtido licença para construção de uma usina de produção de biodiesel no Mato Grosso, a Bunge já prevê a construção de novas usinas nas regiões Centro-Oeste e Nordeste do Pais.

"Vamos nos concentrar em outras regiões do Centro-Oeste e no Piauí e na Bahia", disse à Reuters o presidente-executivo da Bunge no Brasil, Pedro Parente, durante encontro da edição latino-americana do Fórum Econômico Mundial.

No início da semana, a companhia recebeu da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovação para produzir biodiesel na cidade de Nova Mutum (MT), que deve ter produção diária de cerca de 414 m³ do combustível.

No projeto, o primeiro da empresa neste ramo no Pais, a Bunge deve investir cerca de R$ 60 milhões. "Percebemos que essa é uma política que veio para ficar e nosso objetivo é crescer", adicionou Parente.

A Bunge segue a rival Cargill, que no ano passado anunciou a construção de sua primeira unidade de biodiesel em Mato Grosso do Sul, com investimento de R$ 130 milhões. A Bunge é uma das líderes no setor do agronegócio no Brasil, na comercialização e processamento de produtos.