Univaldo Vedana

Qual o valor de mercado do pinhão manso?


Univaldo Vedana - 05 mar 2007 - 20:58 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:23

Esta é a dúvida de todos os produtores de pinhão manso.

Os plantios comerciais de pinhão manso iniciaram em 2006 e estão aumentando neste ano. Não temos oferta de pinhão manso em grãos para fins industriais, portanto, não temos um valor de mercado estabelecido a ser pago pelo grão de pinhão manso.

Por isso farei algumas projeções sobre o preço a ser praticado no momento que a oferta surgir.

Para a formação de um preço justo, dois são os fatores a serem observados; primeiro que o elo inicial da cadeia, o produtor rural deve ter rendimento e segundo que a indústria também obtenha lucros com o processamento do pinhão manso.

Garantir uma renda para o produtor rural de pinhão manso será fundamental para que a atividade cresça e possa se expandir, pois como em qualquer outra atividade o lucro é o fermento para o crescimento e garantia de futuro.

A indústria também precisa de lucros. Com o pinhão manso e um trabalho sério, com responsabilidade e sem ganância, tanto o produtor rural como a indústria se beneficiarão mutuamente, pois o produtor precisa da indústria e a indústria do produtor. Uma verdadeira integração poderá ser formada onde um ajuda o outro e ambos ganham.

O óleo de pinhão manso será utilizado basicamente para a produção de biodiesel, e a torta como adubo ou para a produção de biogás, ou seja, o pinhão será somente uma planta fornecedora de energia e adubo não concorrendo com o setor alimentício e seu preço ficará atrelado ao preço do petróleo e em particular, ao preço do diesel mineral.

Uma usina de biodiesel hoje trabalha com lucro comprando o óleo a R$ 1,00 o litro e vendendo o biodiesel a R$ 1,86 (preço médio do último leilão) mais ICMS. Por este motivo poderá pagar R$ 300,00 por tonelada de grão de pinhão manso, extraindo 300 litros de óleo, ou seja, custo de R$ 1,00 por litro, ficando com a torta que poderá ser vendida para adubo cobrindo com folga os custos de extração.

E o produtor rural, por sua vez, a partir do quarto ano, se alcançar uma produção de 5 toneladas por hectare terá uma renda bruta de R$ 1.500,00 por hectare/ano.

Esta é uma idéia do futuro preço do pinhão manso, R$ 300,00 por tonelada. Pequenas variações para mais ou para menos deverão ocorrer dependendo de fatores locais, como frete, preço do diesel e custos industriais da usina de biodiesel.

Univaldo Vedana é diretor da BiodieselBR.com e responsável pela primeira fábrica de biodiesel do país abrangendo todo o processo de produção.