Biodiesel

Martifer vende participação na Repower à Suzlon


Ambiente Online - 02 set 2008 - 05:50 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:07

A Martifer assinou um acordo de compra de ações (SPA) com a Suzlon relativo à transação da posição detida pela Martifer no capital da Repower Systems AG (Repower). Em jogo está a venda de aproximadamente 22,48 por cento do capital social da Repower, num total de 2 060 788 ações, devendo a operação estar concluída até ao dia 15 de Dezembro de 2008. O valor da aquisição ronda os 268,9 milhões de euros.

A mudança de posição relativamente à participação na Repower é mais uma das alterações do plano de investimentos da Martifer, que totaliza 950 milhões de euros até 2010. A empresa reviu em baixa os investimentos na produção de biodiesel e na energia solar, para 78 milhões de euros e 28 milhões de euros, respectivamente, optando por reforçar a estratégia nas áreas das estruturas metálicas e da energia eólica.

No caso do biodiesel, na origem desta decisão está a suspensão do aumento de capacidade nas unidades de produção e na dimensão da rede de distribuição. A Martifer previa investir 492 milhões de euros na unidade de negócio da Prio, entre 2007 e 2010, mas agora vai aplicar apenas 336 milhões de euros. Quanto à energia solar, a redução do investimento "deve-se à suspensão do investimento industrial previsto para produção de células fotovoltaicas e bolachas de silício", justifica Pedro Doutel, presidente do conselho de finanças (CFO) da empresa, ao Água&Ambiente.