Biodiesel

ADM vence novo leilão de biodiesel


Valor Econômico - 15 ago 2008 - 06:28 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:07

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) realizou nesta quinta-feira o primeiro leilão de venda de biodiesel com a participação da Petrobras Biocombustível. Cercada de expectativa por ser a primeira com a presença da estatal, a rodada teve como vencedora a unidade mato-grossense da ADM, que ficou responsável pelo fornecimento de 12,8% do total vendido, o equivalente a 33,9 milhões de litros.

A rodada foi a de menor deságio entre as dez já realizadas pela ANP. Com preço de referência de R$ 2,62 por litro, o leilão teve preço médio ofertado de R$ 2,60, o equivalente a um deságio de 0,59%. O volume total comercializado foi de 264 milhões de litros, com movimentação financeira de R$ 687,6 milhões.

Na quarta-feira, a ANP havia estipulado um preço de referência de R$ 2,40 por litro, valor considerado baixo pelo mercado — nas duas rodadas anteriores, por exemplo, realizadas em abril, o preço de referência foi de R$ 2,804. No mesmo dia, a agência estabeleceu o novo teto, de R$ 2,62. O novo leilão, para o fornecimento de 66 milhões de litros, será realizado nesta sextafeira com os mesmos R$ 2,62 como preço de referência.

A Petrobras Biocombustível arrematou 3 milhões de litros, o equivalente a apenas 1,1% do volume total da rodada — volume idêntico ao da Agrosoja, de Mato Grosso, e superior apenas ao da Agropalma, que ficou responsável pelo fornecimento de 600 mil litros, ou 0,2% do total. A estatal inaugurou sua fábrica em Cadeias (BA) no fim de julho. A inauguração da segunda planta está programada para o dia 20 deste mês.

Patrick Cruz, de São Paulo