Bio

[Conferência 2011] Preso aos problemas da primeira geração?


BiodieselBR.com - 31 out 2011 - 21:28 - Última atualização em: 09 nov 2011 - 19:18

O quarto painel “Nova dinâmica do setor e criação de novos mercados” abriu o segundo dia da Conferência BiodieselBR 2011 debatendo o problema – cada vez mais agudo – da criação de novos mercados para o biodiesel.

O moderador do tema do dia foi o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, José Vitor Bomtempo Martins, que olhou para o futuro em sua participação ao afirmar que dentro de mais alguns anos a indústria de biocombustíveis será diferente da que temos hoje.

Segundo ele, a indústria vai ser marcada por um uso cada vez mais intensivo de tecnologias e isso vai revolucionar os modelos e conceitos que atualmente valem para o negócio. “Novos conceitos como o de biorrefinaria, que promove o aproveitamento integral da biomassa, apontam para uma indústria muito mais sofisticada”, disse. O professor provocou os debatedores ao questioná-los se o atual debate do biodiesel não estaria excessivamente preso aos problemas da primeira geração de biocombustíveis e se não estamos perdendo um tempo precioso com isso.

Clique na imagem abaixo para acessar a cobertura completa:
cobertura2011.jpg

Fábio Rodrigues - BiodieselBR.com

Tags: C2011