Mundo

Biodiesel na União Européia


BiodieselBR - 29 jan 2006 - 23:00 - Última atualização em: 06 mar 2012 - 15:02

Produção de biodiesel na união européia

 

O uso do Biodiesel na União Européia – EU, recebe incentivo a produção através de uma forte desgravação tributária e alterações importantes na legislação do meio ambiente. Em 2010, 5,75% dos combustíveis consumidos na UE terão de ser renováveis.

Os fabricantes europeus de motores apóiam a mistura de 5% de Biodiesel. Na mistura até 30% ou Biodiesel puro (Alemanha) muitos fabricantes dão garantia:
VW, Audi, Seat, Skoda, PSA, Mercedes, Caterpillar e Man garantem alguns modelos. Na Alemanha, mais de 800 postos de combustíveis vendem Biodiesel puro.

Producao europeia de biodiesel

Durante a década passada, a Comunidade Européia aplicou cerca de €100 milhões no Projeto de Demonstração de Biodiesel, considerado o mais relevante entre todos os programas europeus de bioenergia. O programa americano de biodiesel, de menor porte, também tem recebido expressivo apoio. No curto período 1992 a 1997 foram desenvolvidos cerca de 350 projetos de pesquisa sobre biodiesel nos Estados Unidos, em um impressionante conjunto de estudos sobre produção, comercialização, uso e suas implicações.

Segundo a comunidade econômica européia (EBB) em 1998 foram produzidos 500 mil toneladas de biodiesel. Já em 2002 foram produzidos 1,06 milhões de toneladas de biodiesel, principalmente na Alemanha, França, Itália, Áustria, Dinamarca e Reino Unido. A produção mais que dobrou nos últimos quatro anos.

No final de 2003, a capacidade instalada na Europa ocidental e oriental era de cerca de 2,5 – 2,7 M t, com expectativas de atingir 3,3 M t no final de 2004. O direcionamento do programa de biodiesel da União Européia1 objetiva a substituição de 2% do diesel usado para transportes em 2005; 5,75% em 2010, e 20% em 2020.

A maior parte do óleo vegetal empregado neste programa vem do cultivo da colza. No momento, os custos de produção de óleo vegetal são, em média, cerca de duas vezes superiores ao do diesel mineral. Para atingir a meta de 2010 nas condições atuais, o nível de subsídios em forma de isenção de impostos seria de aproximadamente 2,5 bilhões/ ano.

Atualmente mais de 20 empresas integram a EEB e produzem biodiesel na Europa e o mercado tem crescido de forma exponencial.