Informações

Lucro ajustado da ADM cai com redução de exportações e margens do etanol


Reuters - 01 nov 2019 - 11:21

A empresa do agronegócio Archer Daniels Midland (ADM) reportou nesta quinta-feira (31) que seu lucro trimestral caiu em função da menor demanda de exportação devido às tarifas da guerra comercial sino-americana e à fraqueza no mercado de etanol. No terceiro trimestre de 2019, o grupo faturou US$ 16,7 bilhões e teve lucro líquido de US$ 408 milhões.

A comerciante de commodities agrícolas têm estado na mira da guerra comercial EUA-China, que atrasou os embarques de soja dos EUA para a China.

O surto da peste suína africana na China também afetou a demanda de soja, usada como alimento para os animais.

“Embora as condições de certos negócios possam permanecer potencialmente desafiadoras no curto prazo, a companhia permanece bem posicionada para obter melhores resultados no próximo ano”, disse o presidente-executivo da ADM, Juan Luciano.

Os ganhos nos negócios de originação e oleaginosas da empresa caiu 13% no trimestre encerrado em 30 de setembro, com o milho e outras culturas dos EUA lutando nos mercados de exportação. Os ganhos operacionais no segmento foram de US$ 417 milhões.

No segmento de soluções de carboidratos –inclui os negócios na área de etanol –, a lucratividade caiu expressivos 36,8% em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram US$ 182 milhões no trimestre, em um ambiente de margem desfavorável no setor de etanol.

Com adaptação BiodieselBR.com