Autorizações

MDA cancela selo social da Bioverde e concede o benefício para três usinas


BiodieselBR.com - 18 nov 2011 - 06:55 - Última atualização em: 28 fev 2012 - 11:27

No dia útil anterior ao 24º leilão de biodiesel o Ministério do Desenvolvimento Agrário publicou o cancelamento do Selo Combustível Social de uma usina e autorizou outras três empresas a participarem integralmente do leilão desta segunda-feira.

Com capacidade para produzir 181 milhões de litros, a Bioverde, localizada em Taubaté, teve o benefício cancelado e ficará pelo menos um ano sem poder participar da maior fatia dos leilões promovidos pelo governo federal.

As usinas que receberam o benefício foram: Cesbra de Volta Redonda (RJ), com capacidade autorizada de 60 milhões de litros por ano; SP Bio de Sumaré (SP), com capacidade para 25 milhões de litros; e Biocar de Dourados (MS), com capacidade para 10 milhões de litros.

Há 19 dias atrás o MDA publicou o cancelamento do selo da Binatural, localizada em Formosa (GO).  

Veja também: Cobertura do 24º leilão pela BiodieselBR terá ferramenta gráfica de volta


Essas mudanças devem mexer com as estratégias das usinas de biodiesel no leilão desta segunda-feira. Com a saída da Bioverde dos maiores lotes do certame, 36,2 milhões de litros ficam de fora da disputa. Mas as três novas concessões adicionam 19 milhões de litros.

O fator que deve provocar mais impacto é a participação, pela primeira vez, de três usinas que nunca disputaram os lotes exclusivos do selo social. O 21º leilão, que teve a participação da ADM através de liminar, indicou que basta apenas uma empresa participar da disputa sem o conhecimento dos demais para mexer com o resultado.

Julio Cesar Vedana - BiodieselBR.com