BiodieselBR

Dornelles: expectativa de “debates acalorados”


BiodieselBR.com - 17 set 2012 - 15:24
Ricardo Dornelles Diretor de combustíveis renováveis do MME
Quando o assunto é biodiesel, Ricardo Dornelles é considerado um dos nomes mais influentes dentro do Executivo. Ele ocupa o posto de diretor do Departamento de Energias Renováveis do Ministério de Minas e Energia (MME) e acompanha o Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel (PNPB) desde sua gestação, ainda no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Dornelles apresentará a palestra “Os leilões e a flexibilidade no aumento da mistura” durante a Conferência BiodieselBR 2012 na qual deverá abordar os números mais atuais e os recentes reajustes realizados pelo governo federal no sistema de leilões de biodiesel. O modelo atual está mais próximo do que poderá vir a ser o mercado de comercialização aberta.

Sobreposição de interesses
“A conferência é muito ampla e aborda o setor de fio a pavio, mas a minha expectativa é que teremos debates mais acalorados sobre os pontos sensíveis do marco regulatório”, comenta.  Graças a sobreposição de interesses díspares dos atores envolvidos na cadeia produtiva do biodiesel, ele espera uma dose generosa de polêmica. “A questão da política governamental para o setor também deverá ser bastante debatida, esse é um tema que está muito latente e tende a ser muito discutido”, aposta. Para ele o tema da exportação deve ser um dos que mais vai atrair interesse dos participantes.

Dornelles avalia que, no que diz respeito às demandas que o setor tem para o governo, ele não deverá ouvir muita novidade. “O governo e o setor têm uma boa relação de diálogo. Temos contato com as três associações que representam as empresas, a câmara setorial do Ministério da Agricultura e diversos espaços que facilitam o contato”, explica. Os painéis que vão lidar com as questões mais técnicas atraíram bastante o interesse do diretor do MME. “A parte tecnológica não está tanto no meu dia a dia, por isso acho que trará mais novidades e atualizações interessantes para mim”, informa.

Sobre sua palestra, o servidor do MME informa que o novo modelo de leilões, introduzido em meados desse ano, puxa a cadeia na direção de “condições mais realistas ao valorizar as boas práticas de mercado”. “De uma forma geral, as condições de mercado ficaram melhores”, opina. Os participantes assistirão a um resumo de tudo o que o sistema de leilões tem proporcionado em termos de incentivo e segurança para a indústria, bem como uma avaliação de como a fórmula atual deve evoluir para que o mercado se torne ainda mais dinâmico. “Quero que o público pense um pouco mais no conjunto da obra”, completa.

Leilões X elevação da mistura
Contudo, ele é categórico em dizer que os novos leilões não deixam necessariamente o mercado mais perto do anúncio de um novo marco regulatório com misturas maiores. “Estão misturando alhos com bugalhos. Os leilões não têm tanta relação com o aumento da mistura quanto as pessoas andam pensando, os aumentos têm relação com uma série de fatores”, finaliza.

As inscrições para o evento acabam nesta quinta-feira. Os interessados devem se cadastrar aqui.
 
Conferência BiodieselBR
Data: 1 e 2 de outubro de 2012
Local: São Paulo - SP
Inscrições: www.conferencia.biodieselbr.com
Telefone: 41 3013 1703

Fábio Rodrigues - BiodieselBR.com
Tags: C2012