BASF
Política

Ubrabio e MMA se reúnem para debater RenovaBio


Ubrabio - 17 jul 2018 - 15:14

Nessa segunda-feira (16) o diretor superintendente da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Donizete Tokarski, se reuniu o ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, para conversar sobre a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio). Aprova pelo Congresso no final do ano passado, a iniciativa cria inventivos para a substituição dos combustíveis fósseis por biocombustíveis.

“O RenovaBio, em fase de regulamentação, vai contabilizar a eficiência energética e o potencial de descarbonização dos biocombustíveis e gerar créditos de descarbonização que vão permitir a competitividade entre os combustíveis”, explicou Donizete Tokarski.

Para a Ubrabio, os biocombustíveis representam uma janela de oportunidade para o Brasil. “O mundo inteiro está investindo em pesquisas para reduzir as emissões. O Brasil, com sua biodiversidade e vocação agrícola já tem sua solução. Ela está nos biocombustíveis”, argumentou.

Segundo Tokarski, ao contrário dos veículos elétricos que ainda exigem grandes investimentos – na substituição de motores, tecnologias e infraestrutura – antes de se tornarem uma opção completamente madura, os biocombustíveis permitem tornar a mobilidade mais sustentável de forma imediata. No caso da tecnologia diesel, um levantamento recente mostrou que as montadoras já oferecem uma ampla gama de motores capazes de rodar com B20 ou mais.

Tokarski destacou a visibilidade internacional do RenovaBio e cobrou que o governo leve a nova a política na 24ª Conferência das Partes da ONU (COP 24) – marcada para acontecer em dezembro na Polônia.

O Brasil é signatário do Acordo do Clima de Paris – fechado durante a COP 21 – no qual se compromete, junto com outros 191 países, a reduzir suas emissões de gases do efeito estufa (GEEs) de forma a limitar o aquecimento global a 1,5ºC. Entre uma das estratégias está o aumento do uso de biocombustíveis, como o biodiesel, que em 2018 vai evitar a emissão de 10,2 milhões de toneladas de CO2.

Com adaptação BiodieselBR.com