Leilões de biodiesel

Com bastante atraso 26º leilão é homologado


BiodieselBR.com - 03 jul 2012 - 10:36
Leilão de biodiesel
Antes tarde do que nunca. Quase três semanas depois de encerrada a disputa, o resultado do 26º Leilão de Biodiesel foi finalmente homologado. O aviso foi publicado hoje no Diário Oficial da União pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).  

Dessa vez não houve surpresas, o resultado obtido no dia 14 de junho é o mesmo que foi homologado. Ao todo, as 40 usinas que tiveram volumes arrematados durante o pregão se comprometeram a colocar no mercado 768,9 milhões de litros de biodiesel. Esse volume será usado para garantir a adição dos 5% de biodiesel no óleo diesel mineral consumido durante o 3º trimestre do ano.

O grande problema com a demora na homologação é que ela chegou apenas depois da virada do trimestre, ou seja, as vendas só foram formalizadas depois que as entregas já deveriam estar acontecendo. Isso quer dizer que as usinas de biodiesel tiveram que ir às compras para garantir o suprimento de matéria-prima e iniciaram a fabricação do biodiesel – algumas já devem ter até entregado parte dos volumes vendidos – sem terem assinado os contratos de compra e venda.

Já as distribuidoras precisam preparar toda a logística de retirada do biodiesel pelas usinas.

Segundo informação repassada pela assessoria de imprensa da agencia, o resultado do leilão foi aprovado pela Diretoria da ANP numa reunião ocorrida na quinta-feira passada (28). A agência não explicou o porquê da demora.

A ANP já havia sido bastante criticada por estabelecer um prazo de mais de uma semana entre a realização das etapas um e dois do leilão.

A tabela com o resultado homologado pode ser acessada aqui.

Fábio Rodrigues - BiodieselBR.com
Tags: L26