Leilões de biodiesel

Aliança desiste de ação e resultado do L70 deve ser mantido


BiodieselBR.com - 14 dez 2019 - 12:37 - Última atualização em: 16 dez 2019 - 16:06

O 70º Leilão de Biodiesel havia movimentado mais de 3,1 bilhões de reais e foi anulado pela ANP na última sexta-feira em razão de uma decisão judicial. A empresa que decidiu ir na justiça para ter seus direitos garantidos foi a Aliança, uma usina localizada em Rondonópolis (MT).

Mesmo tendo seu direito assegurado pela justiça a Aliança desistiu do processo que fez com que a ANP anulasse as etapas comerciais do L70. O advogado da empresa, Marcelo Turra, confirmou para BiodieselBR a desistência da ação. “Já comunicamos a ANP e a Petrobras pelos e-mails do leilão, também já protocolizamos a petição solicitando a desistência” informou Turra por telefone a BiodieselBR.

Questionado sobre os motivos que levaram a empresa a desistir da ação, Turra disse que “o objetivo era apenas incluir as ofertas da usina no leilão, e não causar um dano tão grande ao mercado. O processo tomou uma proporção tão grande que a empresa não se sentiu bem com o que estava acontecendo”, finalizou.

O pedido de desistência da ação ainda precisa ser aprovado pelo juiz, algo que deve acontecer já na segunda-feira (16).

Com isso a ANP poderá cancelar a anulação das etapas comerciais e tornado válida todas as etapas do leilão já realizadas. Confirmada essa decisão da ANP um novo cronograma para a realização do leilão de estoque deve ser feito. Essa é a única etapa comercial do leilão que ainda resta ser realizada.

Miguel Angelo Vedana – BiodieselBR.com

Tags: L70