BASF
Leilões de biodiesel

ADM e mais duas usinas recebem selo social às vésperas do 25º leilão


BiodieselBR.com - 24 fev 2012 - 12:29 - Última atualização em: 08 mar 2012 - 23:03

Marcado para começar nesta segunda-feira (dia 27 de fevereiro), o 25º Leilão de Biodiesel acaba de ficar mais concorrido. Nada menos que três usinas acabam de ter o Selo Combustível Social emitido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Uma delas é a ADM, cuja volta ao grupo das detentoras do selo era uma das especulações do setor. As outras duas usinas são a Minerva e a Brejeiro.

Dona da maior usina de biodiesel do Brasil em Rondonópolis (MT), com capacidade autorizada de 486,7 milhões de litros ao ano, a ADM teve seu selo cassado em fevereiro do ano passado, às vésperas da disputa do 21º leilão. Na época a empresa contestou judicialmente a decisão do MDA e conseguiu uma liminar que permitiu que ela participasse da disputa do lote exclusivo.

As outras duas
Mesmo sem o poder de fogo da ADM, a Minerva e a Brejeiro também devem mexer com a disputa.

Instalada em Palmeira de Goiás (GO), a Minerva tem uma usina modesta com capacidade para 16,2 milhões de litros por ano.

Já a Brejeiro tem capacidade para 54 milhões de litros de biodiesel ao ano e está instalada no município de Orlândia (SP). Isso a coloca uma oferta adicional para o Lote 03 (exclusivo da Região Sudeste), o filé mignon do leilão, com pouco mais de 250 milhões de litros.

Fábio Rodrigues - BiodieselBR.com

Tags: L25