PUBLICIDADE
cremer cremer
Natureza

Só 2% da soja plantada na Amazônia está em desacordo com a Moratória da Soja


BiodieselBR.com - 15 jul 2021 - 17:59

Dos 5,41 milhões de hectares ocupados com soja no bioma amazônico, apenas 107,7 mil hectares estão em áreas que estão em fora das regras da Moratório da Soja. Em relação à temporada agrícola anterior, a área em desacordo aumentou cerca de 19,5 mil hectares. A informação está na edição mais recente do relatório da iniciativa que resume os dados para a safra 2019/20.

Lançada em 2006 por uma coalização que reúne grandes compradores de soja e organizações ambientalistas, a Moratória da Soja foi criada para evitar que a oleaginosa fosse mais um vetor de desmatamento na Amazônia. Em resumo, as empresas signatárias se comprometem a não negociar grãos plantados em áreas que tenham sido desmatadas depois de 22 de julho de 2008.

Para garantir o cumprimento das regras, o Grupo de Trabalho da Soja (GTS) mapeia áreas ocupadas com soja no bioma amazônico e cruza essa informação com dados do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal (Prodes). Nos últimos 15 anos, o monitoramento mostra que o plantio de soja avançou de 1,64 para 5,41 milhões de hectares. “Estes números são um claro indicativo de que a Moratória não coibiu a expansão da soja no bioma, mas favoreceu o seu desenvolvimento sem a conversão de floresta primária”, ressalta o presidente-executivo da Abiove, André Nassar, em nota divulgada à imprensa. “A Moratória da Soja não impede a ocorrência de novos desflorestamentos, mas bloqueia a produção de soja nas mesmas. Isso desincentiva a conversão de novas áreas para soja e incentiva a intensificação do uso da terra”, complementa

A área em desacordo representa um pouco menos de 2% desse total. Na temporada 2019/20, mais 19,5 mil hectares desmatados em data posterior ao marco passaram a ser cultivados com soja. Na safra 2018/19 a expansão do grão em áreas em desacordo havia sido de 24,9 mil hectares.

O resultado do monitoramento revela uma redução na tendência de aceleração na expansão da soja sobre áreas embargadas pela Moratória que vinha sendo percebida nas últimas quatro safras.

A íntegra do relatório da Moratório da Soja para a safra 2019/20 pode ser acessada clicando aqui.

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com