Soja

Safra de soja do Brasil poderá superar a dos EUA


Reuters - 14 ago 2012 - 18:00 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
safra brasil_supera_eua_140812
O Brasil poderá produzir mais soja do que os Estados Unidos e superar os norte-americanos na produção da oleaginosa pela primeira vez na temporada 2012/2013, de acordo com dados do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) divulgados nesta sexta-feira (10).

A projeção para safra de soja do Brasil 2012/2013, com plantio a partir de meados de setembro, foi elevada para 81 milhões de toneladas, ante 78 milhões da estimativa de julho, segundo o USDA.

Já a safra de soja 2012/2913 dos EUA, que está no campo e sofreu os efeitos da pior seca em mais de meio século, foi reduzida para 73,26 milhões de toneladas.

Especialistas do setor já consideravam essa possibilidade, no mês passado, o que foi confirmado pelo USDA nesta sexta-feira.

A Agroconsult, por exemplo, estimou em julho que, com um plantio recorde de soja, o Brasil poderia produzir 83 milhões de toneladas, em condições climáticas normais.

O crescimento no plantio, de mais de 10 por cento ante 2011/12, segundo a Agroconsult, deverá ocorrer com o estímulo da alta dos contratos futuros na bolsa de Chicago, referência internacional de preços, que atingiram um recorde recentemente por conta da quebra de safra nos EUA.

A consultoria AgRural também projeta um plantio recorde de soja no Brasil, para até 28 milhões de hectares.

Na safra 2011/2012, cuja colheita está encerrada, o Brasil poderia ter colhido cerca de 80 milhões de toneladas se o clima tivesse colaborado. No entanto, produziu aproximadamente 65 milhões de toneladas de soja.

O recorde histórico de colheita da oleaginosa no Brasil foi registrado em 2010/11, quando o país produziu pouco mais de 75 milhões de toneladas.

Roberto Samora