Soja

Estiagem e demanda aquecida elevam preços da soja


BiodieselBR.com - 17 fev 2014 - 13:40 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53
Soja Cepea_170214
Mesmo com as estimativas recentes apontando safra recorde de soja no Brasil, as preocupações quanto ao clima seco em parte das áreas produtoras e a forte demanda mundial elevaram aos preços domésticos e internacionais na última semana.

Agentes consultados pelo Cepea indicaram que a situação das lavouras do Sul, Sudeste e de partes de MS era considerada crítica, com perdas estimadas em até 80% em algumas regiões. Com a colheita da safra 2013/14 ainda no início, quase não houve comercialização no físico para o produto posto corredor de exportação em Paranaguá (PR) entre 07 e 14 de fevereiro. Durante praticamente a semana toda, o Indicador da soja CEPEA/ESALQ/BM&FBovespa foi arbitrado a R$ 66,20 pela saca de 60 kg, por não terem sido captado negócios de pronta entrega.

Somente na sexta-feira (14), houve comercialização e o Indicador foi a R$ 71,82/saca. Forte alta de 8,48% frente à sexta anterior. Em dólar, o Indicador fechou a US$ 30,13/saca na sexta-feira – aumento de 8,26% em sete dias.

A média ponderada das regiões paranaenses, refletida no Indicador CEPEA/ESALQ, teve crescimento de 1,62% entre 07 e 14 de fevereiro, a R$ 67,76/sc na sexta-feira.

Com adaptação BiodieselBR.com