Soja

Coronavírus deve limitar demanda chinesa de soja no 1º tri, diz Rabobank


Agência Safras - 28 fev 2020 - 09:01

O alastramento da epidemia do novo coronavírus, o Covid-19, diminui o consumo e a necessidade de importações de soja por parte da China. Segundo estudo do Rabobank, os principais afetados são o óleo e o farelo.

A menor demanda deve se concentrar nos primeiros dois trimestres de 2020. A partir do segundo semestre, o ritmo deve começar a recuperar.

Conforme o banco, os impactos negativos do coronavírus na demanda dos dois principais derivados do esmagamento da oleaginosa devem ser de curto prazo.

No entanto, as incertezas quanto à real duração da epidemia e as influências psicológicas têm potencial de impedirem o consumo por um período ainda maior.