Soja

Colheita de soja no Brasil alcança 4,2% da área, diz AgRural


Estadão Conteúdo - 28 jan 2020 - 12:37

A colheita da safra de soja 2019/20 alcançou, na última quinta-feira (23), 4,2% da área cultivada no Brasil, de acordo com levantamento da consultoria AgRural. O número representa atraso ante o mesmo período do ano passado, quando a colheita estava em 13% da área. Na comparação semanal, a área colhida avançou 2,4 pontos porcentuais.

De acordo com a consultoria, a produtividade em Mato Grosso continua alta e o Estado puxa o ritmo dos trabalhos no País. “Apesar das chuvas – algo normal nesta época do ano –, por enquanto não há queixas de qualidade e os produtores têm conseguido avançar com as colheitadeiras nos intervalos de tempo aberto”, informa comunicado divulgado nesta segunda-feira, 27. “Além disso, as precipitações são favoráveis à produtividade das áreas plantadas mais tarde no Estado.”

No Paraná e em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia e alguns pontos do Matopiba (área formada por Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), já há colheita, porém as áreas são pequenas e só devem acelerar a partir de fevereiro em decorrência do atraso no plantio.

A consultoria espera que no final de janeiro e no início de fevereiro grande parte das áreas produtoras recebam chuvas intensas. “Embora possam dificultar o avanço da colheita, essas precipitações são muito bem-vindas e reforçam a expectativa de grande safra no País.”

A AgRural estima que a produção de soja do País na safra 2019/20 deve atingir recorde de 123,9 milhões de toneladas. A projeção será atualizada em fevereiro.