Soja

Colheita de soja atinge 16% da área plantada no País, diz AgRural


Estadão Conteúdo - 11 fev 2020 - 12:00

A colheita da safra de soja 2019/20 alcançou, na última quinta-feira (6), 16% da área cultivada no Brasil, de acordo com levantamento da consultoria AgRural. O número representa atraso ante igual período do ano passado, quando a colheita estava em 26% da área, mas supera a média de cinco anos. Na comparação semanal, a área colhida avançou sete pontos porcentuais.

De acordo com a consultoria, Mato Grosso segue liderando os trabalhos de campo, com quase 50% da área colhida. “Os produtores têm conseguido colher nos intervalos das chuvas e, por enquanto, não há problemas significativos de excesso de umidade ou perda de qualidade”, informa a AgRural em comunicado divulgado nesta segunda-feira, 10. A consultoria afirma também que os relatos de produtividade seguem em linha ou acima da expectativa dos produtores.

Nos demais Estados, que tiveram atraso no plantio, a consultoria ressalta que a colheita começou a acelerar em Goiás. Em outros Estados, os trabalhos de campo seguem em ritmo lento em virtude às chuvas ocorridas em algumas áreas. “Mas essas precipitações são bem-vindas para a soja que ainda está enchendo grãos e reforçam a expectativa de grande safra neste ciclo 2019/20”, diz a AgRural.

No relatório semanal, a AgRural destaca também que o Estado do Rio Grande do Sul, onde a colheita começa somente em março, ainda inspira cuidados. “Depois de um período seco e quente e dezembro, que dificultou o plantio e o desenvolvimento inicial em algumas áreas, o Estado recebeu boas chuvas em janeiro, mas voltou a ficar seco na primeira semana de fevereiro e precisa de umidade nos próximos dias para não perder potencial produtivo”, alerta a consultoria.

A AgRural estima que a produção de soja do País na safra 2019/20 deve atingir recorde de 123,9 milhões de toneladas. A projeção será atualizada na primeira quinzena de fevereiro.